junho 14, 2010

Vuvuzelas - parte II


O director do Comité Organizador do Mundial da África do Sul, Danny Jordan, admite que a possibilidade de proibir a entrada de vuvuzelas nos jogos do campeonato está em cima da mesa.
«Algumas emissoras televisivas e outras pessoas pediram-nos para proibir as vuvuzelas e estamos avaliando. Se houver razões para as retirar, será feito», disse Jordan.
A prova vai apenas no quarto dia e chovem as pressões e declarações de treinadores e jogadores influentes. Messi disse que os jogadores parecem mudos em campo e Evra lamentou que a equipa francesa nem consiga descansar com o barulho dos instrumentos perto do local de estágio.
As queixas começam agora a surgir também associadas a pressões dos próprios patrocinadores e de cadeias de televisão. Neste aspecto, os alemães têm sido os mais contestatários e os canais públicos ARD e ZDF já se manifestaram incapazes de reduzir o barulho de fundo nas transmissões televisivas, um problema de resto extensível a quaisquer outros canais televisivos, uma vez que o sinal das transmissões foi negociado pela FIFA com uma empresa suíça, HBS, que, por sua vez, o transfere para os outros canais europeus. Mas a HBS garante ainda não ter recebido queixas.
Tomar uma medida extrema será, no entanto, difícil. Já no ano passado, durante a Taça das Confederações, na África do Sul, se levantou a possibilidade de impedir a entrada de vuvuzelas nos estádios, mas os adeptos sul-africanos e até jogadores nacionais manifestaram-se contra.

In "A Bola"

Afinal parece que o raio das vuvuzelas irritam muito mais malta... lol
Mai Nada!!!

3 comentários:

...Ju... disse...

acho mto bem! é um barulho para lá de irritante!

Lady Me disse...

Aquele barulho é impossível!

Olhos Dourados disse...

Era acabar com elas!