março 21, 2012

Dia Mundial da Poesia

Celebra-se hoje o Dia Mundial da Poesia...
Há algum tempo que não escrevo poemas... a falta de tempo para me dedicar.. a falta de inspiração.. o meio que me rodeia.. a falta de motivação que tenho sentido nos últimos tempos.. podem ser alguns dos motivos pela qual esta minha veia tem ficado adormecida.

Como continuo sem motivação, deixo-vos um soneto que me fez ganhar o 1.º Prémio Nacional de Poesia em 1997... sobre o Sermão de St. António aos Peixes, já publicado neste blog aqui!

Se o sal já não cumpre o seu ofício
E o pregador não faz ouvir sua voz,
Se no Mundo há só pecado e vício
Que vai ser dele, que vai ser de nós?

Vinde peixes, trazei vossas virtudes,
Não bastões, bengalas ou mandados.
Vinde e mostrai com atitudes
Como os homens só vivem enganados.

Honra, glória e fama, o que são?
Sonhos vãos da Humana Natureza
Daquele que, mentindo, estando a mão

Não para ajudar, mas para apanhar a presa.
Crê, grita, sê contra a crueldade
Viver em paz num Mundo de Verdade!

2 comentários:

Luisinha disse...

Ah é?? Não fazia ideia. Adoro poesia!!! Bjinhos

camaleoa disse...

@ Luisinha.. é verdade... imagina lá tu.. de vez em quando escrevo barbaridades... em jeito de poemas... :)