novembro 27, 2008

Ponto G

Minhas queridas...
Como vos adoro e não quero que vos falte nada.. cá vai... ah ah ah

PONTO G
O ponto G ou ponto de Gräfenberg é uma pequena área na mulher atrás do osso púbico perto da canal da uretra e acessível através da parede anterior da vagina. Tendo assumido que uma zona erógena é aquela que quando estimulada conduz a elevados níveis de excitação sexuais e ao orgasmo.
A denominação ponto G foi cunhado por Addiego et al. em 1981. Em homenagem ao
ginecologista alemão Ernst Gräfenberg, o primeiro médico da atualidade a criar a hipótese da existência de tal área, em 1950.

CONTROVÉRSIA
Existe uma grande discussão na comunidade científica sobre a real existência do ponto G. Os mais fortes apoios partem das afirmações que provem de livros que visam o público popular. O ponto G, somente entrou para o conhecimento do público leigo um ano mais tarde com a publicação do livro de Ladas, “The G Spot and Other Recent Discoveries About Human Sexuality.” (O Ponto G e outras recentes descobertas sobre a sexualidade humana), mas pouco tempo depois da publicação de Ladas muitos profissionais ginecologistas criticaram publicamente a sua exatidão e veracidade.

COMO ENCARAR O PONTO G
Esta zona erógena varia de mulher para mulher, tanto na localização, no tamanho, na textura ou na espessura. Invisível aos olhos e não muito fácil ao tacto, situa-se logo abaixo do osso púbico, profundamente na parede anterior da vagina, entre sua abertura e o colo do útero.
Primeiramente, a mulher deve estar bem relaxada para que as paredes vaginais fiquem muito bem lubrificadas, isso fará com que o ponto G fique inchado, cheio de
sangue e portanto mais sensível e proeminente. O ponto poderá então ser identificado como uma pequena saliência enrugada, uma área oval de 2 cm, localizada embaixo do osso púbico, na parede frontal interna da vagina.
Com a mulher deitada com a barriga para cima poder-se-á penetrá-la com o
dedo médio e a palma da mão virada para o clitóris: A ponta do dedo deverá então estar tocando o ponto G, onde sentirá uma área mais rugosa ou áspera que o normal, podendo vir a ser duro também devido à excitação feminina. Ao ser estimulado, inicialmente, a mulher poderá sentir vontade de urinar, mas se a estimulação é continua, pode ser sexualmente prazeroso. Como em qualquer outro estímulo humano, pode não ser igualmente prazeroso para todas.
Algumas mulheres não têm consciência da
existência do ponto G e da ejaculação feminina - ou se embaraçam com a sua ejaculação. Elas assim aprenderem a ejacular retrogradamente.

In Wikipédia...



Satisfeitas???
Ou alguém tem que vos mostrar onde é??? Hummmmmmmm!!!!!
LOLOL

O que vocês querem...., SEI EU!!!!!!!!!!!! ah ah

Boas práticas...
Beijos, abraços, amaços, WHATEVER!!! :-)

5 comentários:

Pearl disse...

SOCORROOOOOOOOOOOO

Obrigada pela aula... agora falta dar essa aula aos meninos da macaneta!!! LOLOLOL

:o)))***

Anónimo disse...

Passssssooooouuuu-se mesmo!
Agora tb dá aulas de sexualidade?

Leila disse...

Hihihihi....bigada pela aulita Lily, ficamos gratas hahaha...

Bjokas bonitinha Lol

Avid disse...

Lol...nao tas nada gaga ham??? hehehe...o famoso ponto G, pena que nao a mto que falar sobre ele..melhor mesmo e senti-lo.
Bjs meus

Pearl disse...

Ainda vai no Ponto G??? Quando passa para o ponto H???
Habituaste-nos mal, agora aguenta!!! LOL

:o)))***