fevereiro 25, 2009

Sonho

Penso e sonho acordada
Neste meu dia-a-dia emergente
Sinto o chão fugir-me dos pés
Num eco vindo do ocidente

Desespero de ansiedade
Da gula e da luxúria
Por vezes mais que outrora
Tentando escapar a esta fúria

São breves os momentos
Que me invadem o pensamento
São ilustres e escaldantes
No meu singelo sentimento!

1 comentário:

Mr. Alex disse...

Ouve uma palavra que recordei a pouco quando estava em França...BRAVO!
Miss U 2, piu bella ragazza